domingo, 27 de maio de 2012

Módulo 5 - Estado, Sociedade Civil e Cidadania - parte 2

-Quando discutimos sobre o redimensionamento da Noção de cidadania devemos considerar os autores que modificaram a teoria de Marshall.
- Reinhard Bendix enfocou a ampliação da cidadania às classes trabalhadoras através dos direitos de associação, educação e ao voto.
- Turner considera movimentos sociais a força para o desenvolvimento da Cidadania. Para Turner haveria 2 tipos de cidadania. Uma Cidadania Conservadora-passiva e privada- e outra Cidadania Revolucionária- ativa e pública.
- Norberto Bobbio
- explica a dimensão histórica da conquista dos direitos civis e de liberdade.
- direitos políticos são as lutas e movimentos sociais que emergem contra o despotismo
- direitos naturais são direitos históricos e indicadores do progresso social.
- direitos são um produto da era moderna e nascem junto com a concepção individualista da sociedade.
- Para Liszt Vieira as teorias Marxistas enfatização reconstituição da sociedade civil, conceitos trabalhados por Marx, Hegel e Gramsci.
- Referência à sociedade civil tráz o viés Gramsciano de proteção contra abusos estatais e do mercado.
-"Esta terceira vertente teórica é uma intermediação entre enfoque estatal de Marshal e o enfoque da virtude cívica de Durkheim".
- Outro aspecto importante é a contribuição do Marxismo na construção do conceito de cidadania ao afirmar que a burguesia usa os direitos para dominar outros grupos sociais.

CIDADANIA E REGIMES POLÍTICOS
- é preciso entender o papel da cidadania frente aos diferentes regimes políticos.
- Liberalismo: cidadão é indivíduo dotado de liberdade e responsável pelo exercício de seus direitos
  Como argumenta Vieira: cidadania está relacionada à imagem pública do indivíduo como cidadão livre e igual e não características que determinam sua identidade.

- Comunitarismo: prioriza comunidade, sociedade ou nação
  - invoca solidariedade e o senso de um destino comum como pedra de toque da coesão social
  - no comunitarismo sociedade se apoia na ação e apoio dos grupos contrários as decisões atomistas do indivíduo no âmbito liberal.
-  Liszt Vieira explica diferença entre duas visões:
" Na visão liberal, a cidadania é um acessório, não um valor em si mesmo. Na visão do comunitarismo os indivíduos são parte de unidades maiores que si mesmos, e uma delas é a comunidade política"
- A preocupaçãp contemporânea é compatibilizar a existência de diversas possibilidades e gradações de cidadania: a vida em pequenas sociedades e a reformulação da cidadania no Estado-nação ou mesmo em nível global.
-"A cidadania no âmbito desse esforço coletivo, não pode mais ser vista como um conjunto de direitos formais, mas sim como um modo de incorporação de indivíduos e grupos ao contexto social. No intuito de solucionar a relação conflituosa entre as múltiplas tradições de cidadania baseadas em status participação e identidade, alguns autores pretendem formular um complexo sistema, com acesso aos direitos garantidos por instituições locais, nacionais ou transnacionais"(Vieira, 2001,p.48)